Bandidos tentam invadir unidade que armazena vacinas da Covid

Por Editor

Suspeitos tentam invadir Vigilância Epidemiológica, mas fogem após intervenção da Polícia

Redação

A Vigilância Epidemiológica de Cuiabá, onde ficam armazenadas as vacinas contra a covid-19, foi alvo de uma tentativa de roubo na madrugada deste sábado (24). Por volta das 3 horas, a guarnição da Polícia Militar que fazia a segurança percebeu uma movimentação suspeita na mata adjacente ao local.

A equipe da PM fez a devida abordagem aos suspeitos, que desobedeceram a ordem emanada da autoridade policial, sendo necessário efetuar um disparo para evitar a ocorrência de um possível delito contra integridade física da guarnição e/ou do patrimônio da Vigilância Epidemiológica da Capital. Logo depois, os suspeitos fugiram pela mata. Imediatamente, foi solicitado apoio ao 10° Batalhão de Polícia Militar, que ao chegar ao local, realizou uma varredura, mas não localizou os suspeitos.

Nada foi danificado ou roubado do prédio da Vigilância Epidemiológica e Sanitária, que ficam no mesmo local.

O prefeito Emanuel Pinheiro lamentou o ocorrido. “É impressionante e terrivelmente abominável como, em um momento como este, em que o mundo clama pelo fim da pandemia e tantas famílias estejam sentindo na pele o sofrimento causado pela covid-19, que ainda existam pessoas que tentem invadir o local onde ficam armazenadas as vacinas, que são a única esperança de toda a população, que são a única forma que temos de acabar o mais rápido possível com a pandemia. Mas a Prefeitura já estava preparada, com a segurança 24 horas feita por policiais, e nada foi levado ou danificado”, disse.

O secretário municipal de Ordem Pública, coronel Leovaldo Sales, destaca que desde o início da campanha de vacinação contra a covid-19, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SORP) tem dado suporte à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no tocante à segurança das vacinas, seja no transporte, armazenamento e locais de vacinação. “Através da Atividade Delegada, por meio do Termo de Cooperação 001/2019, a SORP disponibiliza policiais militares 24 horas por dia para fazerem a segurança do local onde ficam as vacinas, seja na central de frios e também nas entregas de cada nova remessa de imunizantes”, afirma.

Ao tomar conhecimento do caso, a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, esteve na Vigilância Epidemiológica e constatou que nada foi levado. Ela destaa que o prédio público nunca havia sido alvo de criminosos e que, diante da atual situação, vai se reunir com o prefeito para tomar providências no sentido de reforçar a segurança do local.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: