Deputado Moretto alcança 1.214 proposições e destaca avanço na região Oeste

Por Editor

Ações do parlamentar valorizam o produtor rural, segurança pública, infraestrutura e demais pastas

Redação

O deputado Valmir Moretto (Republicanos), apresentou 1.214 proposições no primeiro semestre de 2021. As ações do parlamentar se destacam principalmente nos municípios da região Oeste do estado.

Além da ação no Parlamento, Moretto destaca a forte gestão “em campo”. Para o deputado, os avanços do governo do estado são resultado dos trabalhos executados pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

“A Assembleia tem contribuído muito para Mato Grosso. Tem contribuído para o crescimento do poder econômico do Estado, pelo equilíbrio fiscal. Foi a Assembleia que trouxe muitas mensagens do governo e que foram debatidas. Mensagem importante para o equilíbrio”, afirma.

Uma das principais ações de Valmir Moretto, foi a Lei 11.396, sancionada pelo governador Mauro Mendes (DEM) e que que obriga estabelecimentos comerciais de ramo alimentício a informar a substituição de queijo e derivados do leite por produtos “semelhantes”. A Lei tem objetivo de valorizar a classe produtora de leite e evitar que os produtos derivados ganhem espaço no mercado.

Infraestrutura – O parlamentar é presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e nesse período percorreu, ao lado do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, 16 municípios – todos na região Oeste, onde estão em andamento 43 obras. As ações são resultado de indicações, emendas e gestão do parlamentar. O resultado é um enorme canteiro de obra na região da Grande Cáceres e Vale do Guaporé.

“As obras estão em andamento. Estão acontecendo investimentos na educação, saúde e segurança pública graças os trabalhos que a Casa realiza”, pontua Moretto.

Segurança Pública – Recentemente Valmir Moretto esteve em Brasília com o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante para uma reunião com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. No encontro foram apresentadas demandas da faixa de fronteira, que é porta de entrada e saída de crimes internacionais – principalmente o tráfico de drogas.

Para fortalecer a segurança na região de fronteira, Moretto alcançou destinou R$ 713 mil, em emenda parlamentar, para aquisição de câmeras do tipo OCR, que reforçam o monitoramento na região.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: