MP notifica igreja a adotar medidas para evitar contágio pela Covid-19

Por Editor

Entre as recomendações, o MP orienta que a instituição obedeça as obrigações do Decreto Municipal de Cláudia n.542/2021 e que adote ações de higienização a fim de evitar a propagação do vírus

Redação

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por intermédio da Promotoria de Justiça de Cláudia, notificou os organizadores do “1º Rachão de MTB Realizações – Jovens Elite de Cláudia “ para que adotem todas as medidas de biossegurança para evitar o avanço da Covid-19. O evento ciclístico será realizado por uma igreja do município no dia 15 de agosto e deve reunir aproximadamente 150 pessoas.

Entre as recomendações, o MP orienta que a instituição obedeça as obrigações do Decreto Municipal de Cláudia n.542/2021 e que adote ações de higienização a fim de evitar a propagação do vírus, tais como a exigência do uso de máscara a todos os participantes, organizadores e expectadores, e disponibilizar recipientes de álcool em gel em fácil acesso para todos. Além disso, os realizadores deverão atentar-se para evitar aglomerações em momentos como o ponto de largada e entrega dos prêmios, devendo interromper a programação caso ela ocorra, dentro ou fora do local do evento.

A promotora de Justiça Andréia Bezerra de Menezes ressalta que aqueles que insistirem no descumprimento das normas sanitárias poderão responder pelo crime de medida sanitária preventiva. Foi concedido o prazo de 02 dias aos requeridos para manifestação.

Segundo dados do Painel Epidemiológico de 21 de julho de 2021, a taxa de ocupação dos leitos públicos de UTI em Mato Grosso está em 66,01% e o município de Cláudia está classificado em risco moderado, conforme dados expostos pela Secretaria Estadual de Saúde.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: