Parceria entre Prefeitura e Univag proporciona melhorias

Por Editor

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Albella Curvo de Moraes, no bairro Mapim, ganhou quatro salas temáticas e área de lazer

Redação

Uma parceria entre a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel), e o Centro Universitário – Univag tem proporcionado melhorias na arquitetura, designer e paisagismo de várias unidades de ensino da rede municipal. A mais recente foi no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Albella Curvo de Moraes, no bairro Mapim, que ganhou quatro salas temáticas e área de lazer.

A iniciativa, que vai beneficiar os 240 alunos do Cmei, faz parte do Projeto Integrador VI Arquitetura de Interiores, dos alunos do 6º semestre, e do Projeto Integrador III Mobiliários Lúdicos para Ambientes Escolares, dos alunos do 3º semestre, do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Univag.

O vice-reitor do Univag, Flavio Henrique Foguel, explicou que essa parceria com a Secretaria de Educação é realizada há vários anos, o que já proporcionou melhorias em sete unidades de ensino. “Essa parceria nos dá muito orgulho, pois tem dado excelentes resultados, proporcionando benefícios aos cidadãos várzea-grandenses, principalmente às crianças que são o futuro da nossa cidade”.

Segundo o vice-reitor,  os alunos dos dois cursos colocaram em prática o que aprenderam em sala de aula. “Foi uma oportunidade de nossos alunos colocarem em prática o que estão aprendendo e também exercitarem a responsabilidade social, estarem próximos da população, isso para nós é fundamental”. 

O projeto Integrador do Univag participou do prêmio nacional de educação empreendedora do Sebrae, competindo com mais de 1.200 universidades de todo o país, e conquistou o primeiro lugar do prêmio. “Isso só foi possível graças a essa grande parceria com a Secretaria de Educação de Várzea Grande”, observou o vice-reitor.

A primeira-dama de Várzea Grande, Kika Dorilêo Baracat, destacou que está encantada com o olhar que os alunos do curso de arquitetura tiveram com a escola. “Eles conseguiram captar a importância de trazer beleza e um mundo lúdico para essas salas de aula, o que vai auxiliar e muito na aprendizagem das crianças”.

Kika Dorilêo destacou ainda que é muito importante ver que o Univag não está formando apenas alunos, mas também cidadãos conscientes do seu papel no meio social.

“É bom saber que temos uma universidade desse porte sediada aqui em nosso município”, observou.

Segundo o Secretário Silvio Fidelis, a parceria com o Univag continuará no segundo semestre deste ano, com a realização do projeto na Emeb Antônio Lino de Campos, no bairro Carrapicho. “Essa é uma parceria de muito sucesso, que vamos manter para que possamos atender a todas as escolas municipais. É um trabalho de embelezamento das salas, o que faz com que as aulas fiquem mais atrativas. Tudo isso vai dar um diferencial no retorno das aulas presenciais, que estamos organizando para o mês de agosto”, disse o secretário.

A diretora do Cmei, Gisele de Campos Xavier, disse que trabalha no Cmei há 15 anos e, desde então, esperava por esse presente. “O nosso Cmei estava precisando dessa atenção e desse carinho. Somos gratos ao prefeito, à primeira-dama e ao secretário pelo cuidado que têm com a educação. Estamos muito agradecidos por sermos escolhidos para participar desse projeto tão importante”, ressaltou.

As mães também ficaram encantadas com a escola. Maria de Fátima dos Santos, mãe da aluna Hadassa Maria de Jesus, 6 anos, disse que a filha estuda no Cmei há três anos e, por conta da pandemia, está há um ano sem frequentar a unidade, mas agora já está ansiosa para voltar.

“As crianças gostam desse colorido e é tão bom chegar na escola e encontrar tudo arrumadinho e bem cuidado. Tanto nós pais, como as crianças, adoramos ver essa transformação”.

Cristiane Souza Araújo, mãe da Maria Luiza Souza, 4 anos, diz que ficou muito feliz com as melhorias feitas na unidade e o Cmei, que já era referência pelo ensino de qualidade,  ficou melhor ainda. “Faço questão de colocar minha filha para estudar aqui, pois quero sempre o melhor para ela e tive boas referências do ensino daqui”.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: