Pinheiro acompanha o início da vacinação dos profissionais da Educação

Por Editor

Cerca de 15 mil profissionais da Educação Básica, Ensino Médio e Ensino superior, das unidades publicas e privadas começam a ser vacinados nesta sexta-feira (4)

Redação

O prefeito Emanuel Pinheiro acompanhou na manhã desta sexta-feira (4), no Senai do bairro do Porto, o início da vacinação dos profissionais da Educação. Segundo levantamento da Secretaria de Educação, devem ser vacinados nesta etapa, cerca de 15 mil profissionais que atuam nas unidades da rede pública municipal, estadual e federal, filantrópicas e particulares, de todas as modalidades de ensino, desde a Educação Básica, até o Ensino Médio e Superior. Na rede pública municipal de Ensino, serão vacinados 6.882 servidores entre professores, Técnicos de Desenvolvimento Infantil, e demais técnicos que atuam diretamente nas unidades educacionais e os servidores lotados na sede do órgão.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, todas as atividades são essenciais e especiais, mas havia grande preocupação por parte da gestão Municipal, em relação a volta das atividades presenciais híbridas, em relação à segurança da comunidade escolar, especialmente porque as crianças são assintomáticas. “Mediante a boa gestão que fazemos no dia a dia, com responsabilidade e zelo do Programa Vacina Cuiabá, para a imunização da população, e contanto com a articulação junto ao Ministério da Saúde, pudemos agora priorizar os profissionais da Educação. Vinculei a volta as aulas de forma híbrida, a partir do dia 2 de agosto e dependendo também do comportamento do vírus em Cuiabá, à imunização dos professores e dos profissionais da Educação de uma forma geral, os que fazem a gestão das unidades escolares e também atendem no serviço administrativo, na sede da Secretaria Municipal de Educação. Dessa forma estamos fazendo justiça e priorizando os educadores, do mais humilde aos que atuam na direção da escola, trazendo segurança as crianças, aos pais de família, a comunidade escolar e aos nossos profissionais da Educação”, destacou o gestor.

Emanuel Pinheiro fez questão de enaltecer o trabalho dos educadores que diante da pandemia se dedicaram aos estudantes, fazendo com que o processo ensino aprendizagem chegassem aos estudantes. “Ressalto o trabalho realizado pela Secretaria de Educação e toda a equipe, que se dedicaram para que as crianças, mesmo no período de pandemia, não perdessem contato com o processo de ensino e aprendizagem”, disse ele.

A secretária de Saúde, Ozenira Felix explicou que a imunização dos profissionais da Educação, neste momento, está sendo realizada com as doses excedentes do grupo prioritário de pessoas com comorbidades. “Nós tivemos uma procura muito pequena e essas doses tem vencimento por isso, adiantamos o grupo da Educação. A medida que novas doses forem chegando, vamos imunizar todos”, explicou a secretária de Saúde, Ozenira Félix.  

Logística

“Recebemos a informação do início da vacinação dos profissionais da Educação com muita alegria. Havia uma grande expectativa entre os profissionais para que pudéssemos planejar com mais segurança e tranquilidade, a volta as aulas presenciais”, ressaltou a secretária adjunta, Débora Marques Vilar.

Cinco profissionais do CMEI Paulo Ronan, serão os primeiros a receberem a primeira dose da vacina. Os Técnicos de Desenvolvimento Infantil (TDI) Helma Peixoto da Rosa, Marli Sebastiana da Costa Pinto, Rita de Cássia Santana de Oliveira, Lindoclécio Besarria da Silva e Rosângela de Jesus Souza Pereira.

Em relação ao tempo de vacinação desse grupo, a secretária adjunta destacou que a expectativa é vacinar os profissionais, o mais rápido possível. “O importante é que esse processo já começou e, esperamos que todos possam ser vacinados com a maior celeridade. Primeiro serão vacinados os profissionais da Educação Infantil, começando pelos que atuam nas unidades de creche, seguido pelos profissionais da Pré Escola, depois os do Ensino Fundamental, em seguida do Ensinos Médio e Superior e,  por fim, os da área administrativa”, disse Débora Marques Vilar.

Emoção

Para os profissionais, que receberam de forma simbólica, a primeira dose da vacina, foi difícil segurar a emoção.

O professor Lindoclécio (43) mais conhecido como tio Clécio, atua no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Paulo Ronan, localizado no Residencial Ilza Terezinha Picolli, no bairro Coxipó. Emocionado ele falou sobre a necessidade de que todos sejam imunizados. “Para que possamos vencer essa doença é necessário que toda a população seja vacinada. Hoje me sinto feliz e orgulhoso, não por só por estar sendo vacinado, mas por estarmos ‘puxando a fila’ dos profissionais da Educação. Nosso sentimento, como educadores, é de voltarmos o quanto antes até porque as crianças precisam de uma continuidade pedagógica. Mesmo não interrompendo o processo ensino aprendizagem, com atividades remotas, sabemos o quanto é importante para o desenvolvimento das crianças, as atividades presenciais”, disse o educador.

A Técnica de Desenvolvimento Infantil (TDI), Marli Sebastiana da Costa Pinto, com os olhos marejados, falou da emoção que estava vivendo. “É muito grande realmente essa emoção. O olho fala, o corpo fala, não vejo a hora de tomar a vacina”, disse ela.

“Essa emoção se resume em gratidão por estarmos sendo vacinados. Agradeço também pela preocupação do nosso prefeito Emanuel Pinheiro com os profissionais da Educação e com as crianças, durante essa pandemia”, disse a Técnica de Desenvolvimento Infantil (TDI), Rita de Cássia Santana de Oliveira, que teve uma irmã, profissional da Saúde, infectada e viveu de perto a gravidade da covid 19. “Por trabalhar na linha de frente ela infelizmente foi infectada.  Graças a Deus se recuperou, não teve sequelas, e está bem”.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: