“Procon de MT é modelo e case de sucesso a ser seguido nacionalmente” afirma coordenadora da Senacon

Por Editor

Reunião teve como objetivo entender o panorama consumerista de Mato Grosso e discutir o desenvolvimento de novos projetos

Redação

“Vejo que o Procon de Mato Grosso é um modelo a ser seguido em termos de integração com outros órgãos no processo de defesa dos direitos do consumidor. Eu entendo que, quando há um trabalho em conjunto, todo o sistema se fortalece”, disse a coordenadora de Articulação e Relações Institucionais e Internacionais da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), Maria Cristina Rayol, em reunião realizada nesta quinta-feira (02.09). O encontro contou com a participação de integrantes do Sistema de Defesa do Consumidor de Mato Grosso.

Para ela, o modelo do Procon-MT é um case de sucesso a ser seguido nacionalmente. Maria ainda ressaltou que a integração nacional é importante porquê há casos em que as soluções para os problemas enfrentados por alguns locais podem servir de exemplo.

“Comecei em abril deste ano um ciclo de viagens pelo Brasil e faltam apenas quatro estados para concluir e compreender como funciona o Sistema Nacional do Consumidor em nível local. A maioria das soluções já existem, só que elas estão apenas a nível local. No meu ponto de vista, o sistema precisa ver o sistema e compartilhar também as melhores práticas e o Mato Grosso é um exemplo”, frisou Maria Rayol.

A reunião teve como objetivo entender o panorama consumerista do Estado de Mato Grosso, as principais questões, desafios e interesses, no intuito de reavaliar os trabalhos existentes e discutir o desenvolvimento de novos projetos. Com presença virtual, também participaram da reunião a secretária estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho; o secretário adjunto do Procon Estadual, Edmundo Taques; e Rogério Ferreira, da Delegacia do Consumidor de Cuiabá.

O secretário adjunto do Procon Estadual, Edmundo Taques, ressaltou que a efetividade das ações está atrelada ao reconhecimento dos limites do órgão e das outras instituições, que em conjunto, também promovem e defendem os direitos do consumidor. 

Participaram também do encontro o defensor público do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública de Mato Grosso, Carlos Eduardo; o representante da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager), Aroldo de Luna Cavalcante; e diversos dirigentes de Procons municipais.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: