Suspeito de canibalismo é detido com 3.787 pedaços de ossos em sua casa

Por Editor

Desde o dia 17 de maio os investigadores estavam escavando o chão do imóvel do suspeito

IstoÉ

No último sábado (12), a polícia mexicana encontrou 3.787 pedaços de ossos humanos durante escavações na casa de um homem acusado de ser um assassino em série. A agência Associated Press informou que os fragmentos pertencem a pelo menos 17 vítimas do homem, que supostamente pratica canibalismo.

Desde o dia 17 de maio os investigadores estavam escavando o chão do imóvel do suspeito. As autoridades afirmaram que, além dos ossos, também encontraram sapatos femininos, maquiagens, oito telefones celulares, uma lista de nomes e gravações de áudio e vídeo.

Aposentado, o homem, de 72 anos, já foi condenado pelo assassinato da companheira de um policial em serviço, mas não nega todas as acusações que enfrenta, inclusive, tendo dito em um tribunal que arrancou a pele do rosto de uma vítima pois a achava “muito bonita”.

Os policiais locais contaram que encontraram carteiras de identidade de mulheres desaparecidas há anos durante as investigações na casa do suspeito. Os promotores do caso trabalham com a possibilidade do criminoso ter matado suas vítimas em parte de um ritual para comê-las.

De acordo com o UOL, a polícia ainda não investigou a casa inteira do suspeito. Não há uma estimativa do total de vítimas que ele teria lesado.

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: