Vacina Solidária alcança 4,2 toneladas de alimentos em seis pontos de arrecadação

Por Editor

Segundo a primeira-dama, o engajamento da campanha tem superado todas as expectativas em relação às campanhas anteriores

Redação

A campanha de arrecadação de alimentos Vacina Solidária organizada pela primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, alcançou a marca de 4,2 toneladas, na última semana, com as doações de grupos organizados e as recolhidas nos seis pontos de coleta da Prefeitura de Cuiabá.

Segundo a primeira-dama, o engajamento da campanha tem superado todas as expectativas em relação às campanhas anteriores, e a razão por estar relacionada ao avanço do Plano de Vacinação na Capital.  

“O cuiabano é muito solidário quando convocado porém, nessa campanha, em especial, temos recebido muito apoio, doações e acredito que esteja ligado ao sentimento de estarmos vencendo a pandemia, com a vacinação a todo vapor, o que gera esse espírito nas pessoas de querer ajudar àquelas que foram mais prejudicadas no sustento familiar”, externou.

As doações estão sendo feitas nos pontos de coleta presentes nos locais de vacinação da prefeitura. São seis pontos: Centro de Eventos do Pantanal, Sesi Papa, Sesc Balneário, Universidade Federal de Mato Grosso, Assembleia Legislativa e, mais recente, Senai Porto.

Além das doações populares, grupos segmentados da própria prefeitura têm se movimentado para oferecer doações à campanha, como é o caso dos servidores das pasta de Mobilidade Urbana e Ordem Pública responsáveis pela doação de 2,5 mil toneladas de alimentos.

Entregas

As entregas totalizaram mais de 1 mil cestas para 40 instituições diferentes como MT Mamma, Abrigo Bom Jesus de Cuiabá, além de comunidades em vulnerabilidade social apontadas pela Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência. “Estamos direcionando esses alimentos de forma imediata durante toda a semana porque a fome não espera. Tem muitas famílias que foram prejudicadas nessa pandemia e precisam do nosso apoio para o sustento familiar e por isso peço a colaboração de quem pode ajudar com 1 kg de alimento”, reforçou a primeira-dama. 

Você pode gostar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: